Humanização – Uma via de mão dupla

A recuperação do valor humano no ambiente hospitalar deve ser uma conquista estendida a todos. É certo que todo o Hospital, Centro Médico ou equivalente deve estar comprometido com o processo de humanização, mas não apenas isso.

A humanização é realizada através de uma equipe. E a humanização da própria equipe? Os profissionais da Saúde – médicos, enfermeiros, recepcionistas, porteiros, enfim, todos – têm um papel importante na prestação de um serviço em que o foco é o paciente, e com certeza eles são bem TREINADOS para tal. Mas, se paramos para pensar na rotina de um médico, por exemplo, veremos que não apenas sua técnica e estudo devem estar apurados, mas principalmente seu emocional. Um médico enfrenta jornadas de trabalho longas e exaustivas, muita pressão derivada de seus diagnósticos e decisões – que devem sempre ser muito rápidas e precisas -, o confronto diário com o sofrimento de pacientes e familiares, material escasso, limitações técnicas, a dor e a morte. É uma verdadeira montanha russa de emoções, oriunda da expectativa de devolver a vida dia após dia, quando isso nem sempre é possível. É de se esperar que toda essa ansiedade e tensão levem a sentimentos de frustração, depressão e estresse. E além de tudo, no final do seu expediente, esse médico é um pai, marido ou filho que volta para casa e tem a sua realidade e sua família para atender.

 

Espera-se que essas pessoas estejam preparadas para lidar com tais situações mas, muitas vezes, a exposição a casos extremos chega a um nível insuportável, e, como um mecanismo de defesa, esse profissional se afasta emocionalmente de seus pacientes, perde a confiança em seu trabalho e se distancia de sua equipe. O que era uma vocação torna-se um fardo.

 

A Instituição Hospitalar, como empresa, tem de perceber que não apenas o cliente precisa de atendimento humanizado. Sua equipe também deve ser considerada, de forma que se identifiquem suas necessidades, não apenas técnicas, mas também pessoais. Uma gestão preocupada com o desempenho de sua equipe, valoriza o que há de mais rico em uma corporação: o capital humano. É ele que traz vida a uma empresa. É nele que se deve investir.

 

Um profissional satisfeito em suas necessidades renova a cada dia a sua escolha, vai extrair o melhor de si e de seus colaboradores, e melhor será todo o processo de atendimento à demanda dessa instituição. A importância do trabalho em equipe também se percebe de forma horizontal, quando é estratégia de toda a organização em seus corpo funcional adotar o processo de humanização.

 

Os diretores e gestores das organizações identificam a necessidade de atendimento a seus profissionais através de cursos e treinamentos não apenas técnicos, mas também comportamentais. Investem em mudanças na infraestrutura e em outros procedimentos corporativos, com o objetivo de facilitar as relações de trabalho e a rotina no ambiente hospitalar. Definem valores e uma missão para a empresa. Abrem canais de comunicação.

 

Ao se sentir valorizado e alinhado com o objetivo da empresa, o profissional se verá desafiado a superar as dificuldades e estará preparado técnica e emocionalmente para desempenhar seu papel de forma muito mais motivada, resultando em maior sinergia, resultado e produtividade.

 

Os pacientes, por sua vez, serão atendidos com qualidade. Excelência técnica aliada à sensibilidade humana.

 

Nem é preciso dizer que funcionários satisfeitos produzem mais e faltam menos. Pacientes satisfeitos aumentam a lucratividade e, assim, ficam satisfeitos os altos diretores.

 

O grande desafio é que todo esse processo seja de forma gradativa e adaptada às características de cada equipe. E além disso, constante, já que nenhuma mudança ocorre do dia pra noite.

 

 

Trecho do livro: Humanização na Saúde – Editora DOC

Anúncios

Comente aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s