Como aumentar o número de pacientes e elevar o faturamento

Para fidelizar clientes, é necessário entregar mais do que o cliente espera, com o objetivo de tornar sua experiência o mais satisfatória possível. Através desta prática, é possível aumentar o número de pacientes e elevar o faturamento. Com o aumento da concorrência, a busca de um diferencial é necessário.

Continuar lendo

Anúncios

CURSO – FATURAMENTO HOSPITALAR

[CURSO ONLINE] – NOVIDADE!! 🎉

Curso Online de FATURAMENTO HOSPITALAR

https://go.hotmart.com/U11168581R

Neste curso você irá aprender tudo para se tornar um faturista hospitalar. Seja para atuar em hospitais de grande estrutura, ou em clínicas de menor porte, você conhecerá as regras para a correta elaboração da conta médica, aumentando os ganhos do seu estabelecimento e reduzindo o número de glosas.

Não perca tempo! Faça agora a sua matricula!

✅100% online;

✅05 Avaliações de Conhecimento;

✅Aulas expositivas com conteúdo teórico e prático;

✅Apostilas disponíveis para baixar;

✅Suporte através do fórum;

✅Certificado.

Matricule-se agora! https://go.hotmart.com/U11168581R

O Diferencial da Gestão Hospitalar

Os hospitais particulares estão ganhando cada vez mais sua merecida importância no sistema de saúde brasileiro, pois sabemos da decadência do poder público nesse setor. E para vencer nesse mercado é preciso desenvolver um diferencial capaz de fidelizar aqueles que por alguma eventualidade precisarem da assistência médica específica ao seu caso. O que fazer para que todas as ocasiões de emergências, fatalidades ou pequenos males a pessoas logo procure o seu hospital? Qual seria o diferencial de um hospital poderia ter em relação aos outros?

Continuar lendo

Um cliente nervoso costuma ser mais difícil de aceitar argumentos alheios

Na área de prestação de serviços médicos, é importante que a equipe esteja preparada para atender clientes dos mais diferentes perfis. Ser profissional de atendimento não é estar pronto para atender apenas os clientes “bonzinhos”, tranquilos e educados, mas também os nervosos e incompreensivos. Imagine a seguinte situação: um cliente agendou um horário e chega para sua consulta. A última vez em que esteve na clínica foi há três meses. A funcionária da recepção informa o valor a ser pago na consulta e neste momento o cliente diz: “Não vou pagar uma nova consulta, uma vez que continuo com o mesmo problema de três meses atrás. Além disso, o doutor me disse que, caso eu tivesse sintomas, deveria retornar a clínica”.

Continuar lendo