Conteúdo gratuito em seu Celular

Se você quer receber em seu WhatsApp, conteúdo sobre gestão de pessoas, atendimento, humanização, motivação e liderança, adicione em seus contatos o número:

21 97630-3226

e envie uma mensagem, dizendo: “Eu quero receber conteúdo gratuito em meu celular”.

Você será adicionado em minha lista de transmissão. Neste contato você também poderá expor suas dúvidas, dar sugestões de temas, etc. Este é o nosso canal!!

Espero por você!

Profa. Daniela de Oliveira

 

Descobrindo a origem do Problema

“Um urologista, após 15 anos de carreira e um consultório bem localizado, começa a perceber que suas contas no final do mês não fecham com saldo positivo, situação que ele vivenciara apenas nos primeiros anos de profissão. Não conseguiu entender exatamente onde estava o problema: o fluxo de pacientes permanecia estável e não havia qualquer indício de má qualidade no atendimento ou dos serviços.

Continuar lendo

Hospital das Clínicas da UFMG amplia adequação a padrões da JCI rumo à acreditação

Em sete anos, unidade aumentou taxa de conformidade de processos de 38% para 82,3%

Com o plano de ser reconhecido como hospital universitário de excelência em 2018, quando completa 90 anos, o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC-UFMG) está em busca da acreditação da Joint Commission International (JCI). Por isso, desde 2010, vem sendo orientado pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA) no cumprimento de um programa de educação para a melhoria da qualidade, objetivando adequar seu funcionamento às exigências da entidade americana. O trabalho já pode ser considerado um sucesso: se, no início da orientação, apenas 38% dos processos da unidade estavam em conformidade com os padrões da JCI; hoje, o índice já alcança 82,3%.

Continuar lendo

Empreendedora especialista em saúde, Daniela de Oliveira agora almeja voos internacionais

Para Daniela de Oliveira, ter o próprio negócio nunca foi algo planejado. Pelo contrário. A carioca com 38 anos começou cedo, ainda aos 20, devido às condições de mercado. Depois de estagiar em três empresas, entre elas a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro e a Petrobrás, a então jovem de 17 anos conquistou uma vaga em uma grande empresa gestora de saúde e, em poucos meses, saltou do posto de estágio para a gerência. “Sempre tive visão de dona do negócio”, comenta.

Continuar lendo