O Máximo da Excelência!

Para o paciente voltar ao Consultório, Clínica ou Hospital devemos ACOLHER e demonstrar um bom trato, pois esses dois itens estão ligados intimamente.
Anúncios

Como se tornar um recepcionista da Área de Saúde

O recepcionista é parte integrante de uma equipe de saúde de alto desempenho. Médicos, enfermeiros e outros membros da equipe médica e administrativa contam com o trabalho do recepcionista para criar uma relação simpática, acolhedora e bem organizada para seus pacientes.

Continuar lendo

Por uma cultura com foco no ato de servir

Zapeando pelos canais de TV, acabei parando para assistir recentemente a um programa bobo, sobre noivas e vestidos. O programa passa em uma loja onde noivas e seus grupos vão em busca do vestido desejado para o ‘grande dia’. Além dos preços, o que mais me chamou atenção no programa fio a forma como a rotina de trabalho é iniciada a cada dia: em uma breve reunião, de alguns poucos minutos com toda a equipe, os gerentes falam sobre alguns aspectos do atendimento (como a maneira de lidar com grupos grandes que chegam à loja acompanhando uma noiva) e os desafios de mais um dia.

Continuar lendo

O atendimento que faz toda a diferença!

Verdadeiramente a recepção faz toda a diferença. As pessoas preferem pagar mais caro e ter um bom atendimento. Nos dias atuais o atendimento é muito valorizado pelo cliente. Todos querem ser muito bem atendidos… tem alguns que querem até ser bajulados. Devemos dar atenção a todos, de forma individualizada, como sendo um ser especial.

Continuar lendo

RETER PACIENTES É MUITO MAIS BARATO DO QUE CONSEGUIR NOVOS PACIENTES

É muito comum gestores cometerem o erro de investir fortemente em marketing para conquistar novos clientes e se esquecem dos clientes que já possui. Investir em uma boa estrutura não é mais suficiente. Os clientes de hoje, com apenas alguns clicks pode se informar sobre sua empresa e decidir entre várias opções de serviço.

A atenção especial da secretária, do pessoal de atendimento e dos profissionais de saúde não são suficientes. É necessário observar algumas informações a respeito dos pacientes que estão em seus cadastros.

Continuar lendo